Poema da Cura…

tenho que achar a rima perfeita para o meu amor que se deleita…

como é irônico esse ser criando mais e mais regras para se estabelecer… imaginando em seu umbigo real que crê que em sua patética vida também é…

o ser…

é uma vida só que passa como um raio, não importa se será com um vírus ou em um acidente rodoviário…

uma vez e muitas escolhas, então saibamos fazê-las com sensatez… encontraremos pelo caminho muitas pessoas, muitos lugares, muitas culturas…

que vida linda e essa é a nossa vez!

percebemos que estamos passamos por uma fase intensa de transição… do século XX ao início do XXI, muita história, muita riqueza e muita confusão!

do que quero falar do caos ao delírio… de um universo inexistente para muitos, perdidos em desequilíbrio…

tenho que achar a rima perfeita para o meu amor que se deleita…

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s