Comunicação…

E uma semana depois lá estava ele, como em tantas outras vezes, sentado de frente pro mar… não havia ideia que não pudesse ser trocada naquele momento… tudo era válido diante da vastidão de quem pode te escutar em um som de ritmo pleno…

De um lado haviam gaivotas voando suavemente e do outro lado eram focas e leões marinhos se beijando violentos por um espaço de ilha…

Quem se importa com o que você escreve… ou no que acredita… vai continuar uma brisa única de viagem certeira… o que ele estava escrevendo… ou ela…

Ahhh pensem nisso… ele pensou solo… ela pensou livre… elXs pensaram juntos… orgasmos apocalípticos vindo de um ser que se descreve como energia pura e quando mãos te massageiam das pernas subindo pelas costas e o frisson quando passa pela bunda, braços e pescoço, inteiros, uma só energia sendo chamada de “dor”…

Qual é o tamanho da sua dor, aquela que carrega como se fosse a cruz do sujeito conhecido como um cristo, oito bilhões de pessoas, calendários complicados falando línguas estrangeiras, e através de redes de fibras óticas e satélites lá em cima no que os seres humanos chamam de céu… era para estarmos em paz e cruzando o espaço sem sentir…

Levantou-se e deixou marcados seus pés na areia fofa e úmida… era um comprimido sublingual… sempre teve medo de ir e não voltar… dessas ideias de que se pode competir com o inevitável mundo; você gostaria mesmo de viver uma vida eterna?…

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s