FIM

Eram como dois jovens que tinham uma ansiedade imensa um pelo outro… ficou claro desde o início que era algo carnal, poderia ser mais que isso, sabemos claramente que o sexo é algo maravilhoso, mas que ele não sustenta… é como outros saberes, outros pontos de conexão… porém como os neurônios dentro de nossas cabeças, uma vez desconectados, poderiam se ligar de novo, era de interesse deles, ou iriam procurar outras ideias de junção… acredito que o viver seja isso também, essas idas e vindas de pessoas e lugares e co-criações como as copas das árvores ligadas por seus galhos tortuosos e que de uma forma ou de outra seguem seu caminho e florescem suas folhas e frutos… e as raízes, como se fosse juízos, ligados em uma gigantesca rede de sentimentos espalhados por todos os lados e por isso era tão difícil controlar, ou pelo menos acreditar que possamos fazê-lo… e o mais engraçado é que não existe uma sensação de vazio real, talvez por saber o tempo todo que tudo o que a vida nos mostra é uma enorme fantasia de seres sádicos que tem o mesmo fim de outros seres considerados mais benéficos como as próprias árvores…

Anúncios

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s