Para um Roteiro de Sucesso…

Então ele teve daqueles sonhos estranhos em que não consegue sair, não que estivesse em um labirinto real, de paredes de pedras cheias de limo, não, não era desses sonhos. Era como uma vórtex de eventos repetitivos. Não conseguia sair de um acontecimento que não existia, algo que não aconteceu quando estava acordado, mas algo que incomodou um tantão, inclusive enquanto estava acordado. Tinha sonhado com sua antiga namorada, com aquela que por cinco anos ele tentou ser o cara mais bacana para ela e para si. É claro que não conseguiu. Parece que roteiros de sucesso precisam de um drama infinito, principalmente se estiverem ligados ao amor. No sonho houve sexo, confusão, houve inclusive sugestão de traição… Mas o curioso é que ele sabia que não era real, era um sonho; e mesmo assim continuava sonhando com aquilo. E por duas vezes ela disse para ele que tinham acabado, que estava com outro, que se apaixonara por outro. E ele naquela ilusão de que ela jamais poderia estar com outro que não fosse ele mesmo, fizesse as merdas que ele fizesse, ela sempre estaria ali por ele, por eles como um casal. A doce ilusão dos sonhos, da vida real.

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s