Datas importantes… Duvidas idem…

Sara estava apaixonada por Marcinha. Ela dizia que Marcinha e Tia Helen eram as duas pessoas mais “fodas” no mundo todo, por que elas eram loucas para os outros, e isso significava que elas faziam as coisas mais legais e diferentes que as pessoas são capazes de fazer em suas respectivas idades. Inspiradoras, Tia Helen resumiu as personalidades sua e de Marcinha quando a conheceu, então a garota tinha 15 anos. Era da mesma turma de escola que Sara, tendo repetido duas vezes, uma em matemática e outra em vez em história e portanto sendo a mais velha da classe, estava naquela transição do corpo feminino para a fase adulta. Os olhos de Sara brilhavam quando viram aqueles cachos coloridos e a forma descolada como ela mascava chiclete e posava para os olhos gulosos de todos os alunos. Ela ajeitou o óculos Rayban e andou como em uma passarela de desfile, mesmo se não quisesse, chamaria a atenção de quem estivesse presente. As duas se tornaram as melhores amigas, Marcinha a mentora de Sara. E elas trocavam todo tipo de segredo que não compartilhavam com suas mães, e trocavam as roupas cada uma procurando um estilo próprio, e dormiam depois de uma sessão pipoca X filme de terror, juntas de “conchinha” no apertado sofá da casa de Marcinha.

Três anos depois e Marcinha possuía a postura de uma mulher madura e consciente. Antenada era a porta-voz de sua geração, lutando como ela mesmo dizia por “assuntos neandertais”, eterno dissabor de não haver um bom diálogo entre as espécies. Sara admirava muito Marcinha pela aparência, inteligência e bravura para enfrentar vários preconceitos sociais. Ela às vezes se questionava, mas Paixão sempre aparecia antes de Marcinha, e sumia após seu caloroso abraço. Misaki com serenidade explicou para a jovem sobre o amor de amigas. Você escolhe quem ama Sara, e seus amigos serão sua outra “família”. Pode ocorrer em diferentes momentos, mas tem algumas que duram para a vida toda.

Ela sabia que seria assim com Marcinha, 3 anos é pouco, e trocavam olhares e muitas risadas. No dia em que Sara se sentiu mais forte, não estava totalmente curada, no entanto seu coração tinha criado as cicatrizes necessárias para as suas pernas seguirem em frente. Já se passara alguns bons meses de histórias no Rio. Ela olhou para o peso da mala, com uma bagagem rica de sentimentos. Paixão abraçou Marcinha e elas se beijaram.

Foi a primeira vez de Sara para um montão de acontecimentos em seus anos de vida. Até os 17 parecia que o tempo era infinito, que o teria para realizar todos seus sonhos e delírios, porém quase um ano depois tinha sentido tantas coisas distintas, aprendido muito sobre os valores diferentes que a criação e o ambiente sócio cultural davam às pessoas, vivido experiências ricas e profundas para uma jovem que “perdeu” seus pais de forma tão trágica. Ela trouxe uma coragem que nem imaginava ter, e nadou nua em uma praia de naturismo no dia 12 de outubro, quase se afogou num mar super agitado no mesmo dia. Subiu o Morro Dois Irmãos a pé, um percurso árduo e que vale a vista mais “chapada” que já tinha visto, segundo ela mesma comentou. Teve o primeiro baseado e o primeiro sexo hetero que fez surgir um novo sentimento. Um gatinho roxo, curioso e sem boca. Nunca miava, aliás ele não demonstrava nenhuma emoção, não tinha expressões. Ela também fez a primeira tatuagem, um coração hachurado pequeno no ombro esquerdo, e esse dia ela fez questão de marcar no diário que carregava pois foi o mesmo dia que ela experimentou o voo duplo de parapente. Gatinho roxo… Quando a “jovem aventureira” – era como Marcinha à zuava pelos anseios que a amiga demonstrava contando que queria engolir o mundo – pegou um táxi que a levaria ao aeroporto Santos Dumont naquela tarde após um almoço de natal, haviam trocado um sinal de que iriam se ver em breve, e Duvida miou pela primeira vez também.

Autor: pericles

Uma pessoa apaixonada por artes em todos seus âmbitos, um artista, um professor, um escritor entusiasta desenhando com letras! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s